A PAR é uma plataforma de organizações da sociedade civil portuguesa, para apoio aos refugiados, na presente crise humanitária.

Está em curso a maior crise de refugiados desde a IIº Guerra, situação de uma enorme complexidade, para a qual não existe uma resposta simples, nem uma solução isenta de riscos e efeitos perversos.

Há a noção da urgência da ação humanitária, que pede uma resposta imediata de acolhimento aos refugiados, sem ignorar as intervenções com impacto a médio-longo prazo, como a estabilização política, económica e social das zonas de crise.

Depoimentos sobre a PAR

"Quero um país de que possa fazer parte, um país ao qual possa pertencer. Uma cultura, uma civilização. Não é pela comida nem pelo dinheiro, é pela liberdade. Pela liberdade de espírito, pela educação. É para poder fazer parte do mundo cívico."

− Refugiado Sírio

Foto: © UNICEF MK 2015 Tomislav Georgiev

NÚMEROS

4.597.436

DE REFUGIADOS QUE FOGEM DA GUERRA

CERCA DE METADE SÃO CRIANÇAS // Desconhece-se o número de refugiados Sírios que atravessaram as fronteiras sem se registarem mas estima-se que sejam algumas centenas de milhares.

12,2

PESSOAS DENTRO DA SÍRIA QUE PRECISAM DE AJUDA HUMANITÁRIA
Destas, 7,6 milhões estão deslocados internamente

14
CRIANÇAS AFETADAS PELA VIOLÊNCIA NA SÍRIA E SUB-REGIÃO
5,6
CRIANÇAS NO INTERIOR DA SÍRIA QUE PRECISAM DE ASSISTÊNCIA HUMANITÁRIA
4,8
PESSOAS QUE VIVEM EM ZONAS DE ACESSO DÍFICIL NO INTERIOR DA SÍRIA

Destas, 2 milhões são crianças

Foto: © UNICEF/UNI195502/Klincarov

http://www.refugiados.pt/wp-content/themes/salient/css/fonts/svg/basic_heart.svg

DESAFIO

Coloca-se o desafio de uma resposta europeia solidária e eficaz que evite os egoísmos nacionais, que não aumente a xenofobia e que seja útil.

http://www.refugiados.pt/wp-content/themes/salient/css/fonts/svg/basic_flag2.svg

PORTUGAL

Portugal está – por enquanto – afastado do centro do problema, podendo ter a tentação de o “ignorar“. Acresce que vive um período eleitoral, com as condicionantes daí decorrentes.

http://www.refugiados.pt/wp-content/themes/salient/css/fonts/svg/arrows_rotate_dashed.svg

SOCIEDADE CÍVIL

Existem instituições da sociedade civil com vontade, disponibilidade e experiência no acolhimento de refugiados / migrantes que, através de um modelo colaborativo e articulado, poderiam dar um contributo para este desafio, em complementaridade com a ação do Estado.

Notícias

Notícias

Ver mais…
Julho 7, 2016 em Uncategorized, Notícias

Ou todos ou Nenhum a favor da PAR

Nomeado para Prémio de Melhor Primeiro Filme (CÉSAR 2016), Ou Todos Ou Nenhum é uma comédia francesa que aborda com humor a história verídica de uma família de refugiados pela voz do comediante Kheiron. Ator principal, realizador e argumentista nesta que é a sua primeira produção, Kheiron narra as venturas... Ler Mais
Julho 4, 2016 em Uncategorized, Notícias

O resultado de um “abraço de Lisboa e Coimbra” a quem procura refúgio

O concerto solidário que decorreu no passado dia 12 de abril, no Cinema São Jorge em Lisboa, organizado e oferecido pelo Coro e Grupo de Guitarras Alma de Coimbra e pelo Coro da Assembleia da República, resultou num donativo de € 1.855,44 a favor da PAR – Plataforma de Apoio…

Ler Mais
Junho 28, 2016 em Uncategorized, Notícias

Exposição fotográfica sobre crianças refugiadas nas ruas de Lisboa

A Plataforma de Apoio aos Refugiados promove em parceria com a seguradora Zurich, a Ana Stilwell, a Câmara Municipal de Lisboa e a agência LUSA, através do trabalho do fotógrafo Nuno Veiga, uma exposição fotográfica alusiva ao tema dos refugiados que estará exposta em vários pontos da cidade de Lisboa,…

Ler Mais
Junho 27, 2016 em Uncategorized, Notícias, Eventos

Dançar a favor da PAR

Realiza-se, no próximo dia 2 de julho, às 21h30, no auditório do Colégio Pedro Arrupe, um Espetáculo de Dança Contemporânea. Conta-nos a história de Nisreen, uma refugiada síria, aos olhos de uma voluntária da PAR – Plataforma de Apoio aos Refugiados e interpretada pela Classe de Dança do Ginásio O…

Ler Mais

Sobre a PAR

Ver mais…

CD Take My Coat

Adquira aqui

Como Ajudar

Ver mais…